Panidor fecha 2021 a crescer quase 30%

A Panidor|Panicongelados, líder nacional no setor da padaria e pastelaria ultracongelada, sediada em Leiria, viu as suas vendas atingirem os 45 milhões de euros em 2021, valor que representa um crescimento de 28,5% relativamente ao ano anterior.

Para este resultado concorreram fatores como a entrada da empresa em novos mercados internacionais, espalhados pela Europa, Ásia e América do Sul, com o total das exportações a chegar aos 30%, bem como a sua aposta contínua em investigação e desenvolvimento de novos produtos.

Em termos de balanço de atividade, a administradora da empresa, Marta Casimiro, refere que ‘o ano de 2021 foi uma prova de enorme resiliência para a Panidor, que mostrou ser altamente inovadora nos produtos que apresenta ao mercado nacional e internacional. Estivemos na Exposição Internacional do Dubai a mostrar a melhor padaria e pastelaria de Portugal, levando produtos bandeira a conquistar novos cantos do mundo.’

Ao nível do mercado interno, a empresária assumiu ainda o reforço do posicionamento do ultracongelado como novo fresco, através da venda direta ao consumidor final, que tem agora a possibilidade de finalizar em casa as suas preferências de padaria ou pastelaria.

‘Hoje, ter pão quente em casa, acabado de fazer, está à distância de um forno doméstico’, explica a empresária.

A empresa, que investiu em 2021 um milhão de euros em investigação e desenvolvimento, criou num só ano mais de 170 novos produtos. No global, a Panidor conta com mais de 300 referências ativas de pão e de pastelaria variada e produz por dia mais de 700 mil pastéis de nata.

Para 2022, a empresa prevê aumentar em 30% o número de colaboradores e espera ver reforçada a sua trajetória ascendente tanto em vendas como em número de clientes.