Ana Vasconcelos, Belcinto: ‘A educação para a sustentabilidade precisa de ser reforçada, para que as empresas sejam mais transparentes sobre o que produzem e o que vendem’

Em entrevista à publicação italiana ‘La Conceria’, meio especializado para a área do couro, a diretora-geral da Belcinto (Vasconcelos & C.ª, Lda.) e atual vice-presidente da APICCAPS, falou dos desafios da sustentabilidade no setor e das novas dinâmicas da procura, cada vez mais centrada numa produção mais ecológica.

Ana Vasconcelos, vegetariana há mais de 20 anos, alerta para a necessidade dos produtores terem ainda ‘um longo caminho a percorrer’ neste sentido.

‘A busca por produtos naturais “sustentáveis” tem aumentado muito. Os couros com curtimenta vegetal são os mais procurados pelos novos clientes, … mas ainda existe um mal-entendido sobre o termo sustentável’, refere.

Para Ana Vasconcelos, membro da Rede Mulher Líder, ‘a educação para a sustentabilidade precisa de ser reforçada, para que as empresas sejam mais transparentes sobre o que produzem e o que vendem. Os consumidores são exigentes, mas não têm conhecimento do que realmente protege a natureza.’

A CEO da Belcinto falou ainda dos desafios que a empresa enfrentou no contexto da pandemia e de tendências de deslocalização da produção do Extremo Oriente para a Europa.
Mas deixa uma certeza: ‘não produzimos para quem simplesmente deseja substituir o couro por plástico.’


Aceda aqui à versão integral da entrevista publicada na revista de abril/2021.